Logo de l'OEP
Logo de l'OEP

A Suíça deve preservar seu multilinguismo?


Zuletzt aktualisiert: 7 Jun 2012

Cada vez menos suíços aprendem outro dos idiomas nacionais do país, razão pela qual há um forte movimento para defender o multilinguismo na Suíça. Porém qual a efetividade dessa ideia frente à força do inglês, uma língua que ganha cada vez mais terreno em detrimento do alemão, francês e italiano?

O francês foi relegado à segunda língua estrangeira na maior parte dos cantões germanófonos, após o inglês. O italiano está em uma situação pior ainda, pois é um idioma que se concentra apenas em um cantão do país: o Ticino. Enquanto o inglês é utilizado cada vez mais intensamente nos espaços públicos e nas universidades.

Faria sentido adotar o inglês como o primeiro idioma estrangeiro ensinado em todas as escolas suíças, transformando-o na língua franca a ser utilizada entre os diferentes grupos linguísticos do país? Ou o multilinguismo é verdadeiramente indispensável à coesão nacional? Isso criaria mais problemas do que solucionaria? Qual é o melhor caminho a ser tomado? >>>>>>>>>>>>>>>>>>